1 de abr de 2016

Entrevista: Cueio Limão (2010)

   Em 2010 tive a oportunidade de entrevistar os integrantes da Banda Cueio Limão junto com a Patrícia Mieskalo. Eles foram mais do que gentis e atenciosos com agente e na época ouvimos musicas inéditas.

Abaixo segue a entrevista: 

   – Como vocês se conheceram?
Mano – A gente se conheceu, nós três ( Eu, Igor e Boia) em Dourados Mato Grosso do Sul, nos conhecemos desde pequenos e depois em SP entraram o Gab e o Mattera. 

   – Como surgiu a idéia de formar a banda?
Boia – Foi no colégio. A gente já tocava violão assim brincando e ia tocando as músicas que agente conseguia tocar na época, acho que em um show do Raimundos que reuniu os cinco (originais da banda) e depois desse show ficamos na pilha de ter uma banda também e de tocar as nossas músicas e foi assim bem despretensioso. Eu ia ser o baterista e o Bigorna ia ser o guitarrista. Não tinha nada certo, ninguém sabia tocar nada a gente só queria ter a banda.
Gag – E deu certo né!
Boia – Deu certo, só que cada um pegou um instrumento e não sobrou nenhum para mim ai tive que cantar mesmo! 


   – Ontem fazendo uma pesquisa rápida para hoje, eu encontrei que cada um de vocês conta uma história do por que o nome da banda, mas eu achei que a mais famosa é a seguinte: o nome se deve a uma serie chamada “Profissão Perigo” (McGuyver nome original), parece que o personagem principal frequentava um restaurante ao qual a tradução era “Coelho Limão” (Rabbit Lemon nome original) é por isso mesmo?!
Todos – Exatamente! 


   – Como a família de vocês reagiu a esse estilo rockeiro? Porque querendo ou não, é um estilo bem rotulado devido aos piercings e tatuagens!
Boia – A gente era um rockeiro nerd sacas?! Nossas reuniões nunca foram regradas as drogas e ao álcool. Tipo, chegava final de semana nossos amigos saíam para a balada, para beber, pegar a mulherada e a gente ficava em casa, tocando um violão.
Gab – Tirando hoje em dia, que a gente usa todo tipo de droga.
Mattera – Tá vendo chamou as mulheres de droga!
Gab – Não, é que é assim oh, mulher só serve para duas coisas, primeira para encher o saco e segunda para fazer falta!
Todos – Wounnn. 

   – Como é a relação de vocês com os fãs?
Mano – Sempre foi bem estreita, bem amigos dos fãs, tipo o Vermelho (ele estava com a gente desde o começo do ensaio dos meninos) era fã nosso, ia aos shows e acabou virando “brother” nosso.
Boia – Foi promovido a colega depois a amigo. Na verdade ainda tá em andamento, mas aí Vermelho acho que até 2012 rola hein! 

   – Já que vocês estão falando de amigos, uma coisa… “feliz”. O que vocês acham desse novo Rock, o “Happy Rock”? (Todos nessa hora começaram a rir e a zoar tanto com a minha cara, quanto entre eles mesmo – Podem ver isso no vídeo.)
Gab – Assim, a gente não gosta. Dez em nove perguntas que fazem ultimamente para a gente é isso, o que a gente acha do “Happy Rock”. A gente é velho, agente não gosta disso, se tiver uma música …
Mano – Dá um close EU ACHO UMA MERDA, UMA MERDA!
Gab – Mas isso não quer dizer que quem ouve o Cueio não pode escutar isso, pelo contrário, escutem isso se vocês gostam e escutem Cueio também. Escutem o que todo mundo ou cada um curte, por que ninguém vai pagar as tuas contas, ninguém vai transar com você á toa, então escute o que quiser. A gente não gosta de “Happy Rock”, mas isso não quer dizer que a gente quer matar os meninos do Restart, ao contrario a gente quer tomar uma cerveja com eles.
Eu – E o Cine?
Gab – Também não, é um pessoal querido pela gente. 

   – Vocês tem alguma banda nacional que podem dizer que são amigos mesmo?
Gab – Várias.
Boia – Tem o pessoal do Feijão com Arroz.
Gab – Somos amigos de várias bandas, principalmente da Hardneja Sertacore, várias bandas que estão por ai tipo a Sugar Kane.
Mano – Sugar Kane
Gab – A sei lá cada um aqui é amigo de uma banda. Eu conheço o pessoal do Dance (Dance of Days)
Mattera – Aviões do Forró, um abraço, um grande abraço.
Mano e Mattera – Cabal
Gab – Eu queria ser amigo de mais bandas de mulher, tipo assim, tem pouca banda de mulher, precisa ter mais meninas, para a gente ter amizade e quem sabe … Catracá também.
(Todos dão bastante risada desse comentário do Gab) 

   – Então tipo vocês começaram fazendo covers, certo?!, E vocês faziam covers do Dead Fish e parece, parece não, vocês fizeram uma gravação com eles, com o vocalista deles, e como foi para vocês, sendo fãs deles, ter essa oportunidade?
Boia – Ah, surgiu quando a gente fez a música para o segundo disco, e em um ensaio eu mostrei para os caras, e todo mundo disse:”Ah legal e tals, mas ta muito Dead Fish, ta a cara do Dead Fish”, aí acho que tinha muito sentindo já que era uma das bandas que a gente mais ouvia na época, e ai surgiu a idéia de mandar um email para os caras e convidar para participar. A gente ia gravar o CD aqui em SP e pô os caras responderam na hora, falaram que topavam e tudo bem, e pô para a gente foi muito legal que era fã, uma coisa que tinha influência assim, apesar de nem todas as músicas terem assim… parecer que é influencia, a gente ouvia muito uma época assim e foi muito legal. De fã a gente ter essa relação de colega assim de amigo, foi bem legal mesmo. 

   – Qual a música de vocês que cada um se identifica mais?
Boia – Garota Suvaquenta no momento, o pessoal daqui do lado vai concordar.
Gab – A música mais legal para mim da banda é A fabulosa jornada de Stuart Rigby.
Mattera – Eu me identifico com a Vida sem Cida
Igor – Carpe Diem
Mano – Eu me identifico com as que eu canto e toco. 

   – Agora gostaria de fazer uma brincadeira com vocês, eu vou falar algumas palavras e vocês responder a primeira coisa que vier na cabeça. OK?!
 – Família:
Gab – Família é essencial. Se não for a família nenhuma banda dá certo no começo, nem tem como você se manter sozinho, e só eles vão compreender essa loucura que é você. Tipo gastar sua grana para ir tocar em um lugar e voltar todo “fudido”. Família de verdade sem exagero é tudo.
 – Amigos:
Gab – No momento não tenho nenhum aqui
Mano – Amigo é o que agente mais faz na estrada.
 – Quem de vocês tem mais manias? Tipo o pior?
Todos – GABRIEL
Mano – Ele só toca do lado esquerdo do palco, e a gente nunca deixa.
Gab – Eu só consigo tocar do canto esquerdo do palco, do palco para a galera. E eu tenho horror a ketchup. Se algum “filho da puta” vier para mim com isso, eu vou descer porrada.
 – Mulheres:
Todos – Aê sim!
Gab – Eu gosto.
Mano – Me vê duas!
Mattera – A minha com fritas.
 – Música:
Mattera – Música é vida!
 – Comida:
Boia – Adorooo!
Gab e Mano – Uma boa.
 – Rolês, saí para beber com os amigos:
Mattera – Adorooo beber.
Gab – Sai para beber é o que importa no final…
Mano – isso é a única coisa que sobra.
 – Passa tempo?, Tipo quando vocês não estão juntos, quando vocês não estão tocando, o que vocês gostam de fazer além de dormir, comer e mulheres?
Mattera – Salvar o mundo!
Todos – mas não sobrou nada…
Boia – gosto de ver TV.
Mano – gosto de ficar mudando de canal na TV.
Gab – Gosto de encontrar com meus amigos, não é zuando eles porque eu quase não consigo mais ver eles.
 – Um vício de cada um:
Gab – heroína!
(Todos riem da piadinha)
Mattera – Coca-Cola
Boia – Coca-Cola é treta
Mano – Salvar o Mundo
Igor – Café (se eu entendi certo, porque ele fala bem baixinho)
 – Como ontem foi dia Mundial do Rock, um ídolo para cada:
Mattera – Bethânia. (Maria Bethânia)
Boia – Kurt Cobain.
Igor – Paul McCartney.
Gab – Brad Select. (caso tenha escrito errado me corrijam)
Mano – Eric Clapton. 

   – Muitas bandas se apresentam no Acesso (Programa da MTV), e como foi para vocês terem essa oportunidade de se apresentarem lá?Porque querendo ou não é um … MTV é um meio de divulgação além da Internet, hoje é um grande meio né?!
Boia – É um programa que preza pelo som ao vivo. Isso eu achei o mais importante do Acesso, e as bandas não chegam lá e tocam no violão, é … assim de um jeito descaracterizado. Lá é o som que você faz no show, e acho que isso é o mais legal do Acesso.
Gab – E os caras nem falam de você pegar mais leve por ser TV
Mattera – Até os erros são iguais aos do show
Mano e Igor – Jogo do sete erros lá
Gab – Mais foi um bom meio de repercussão. 

   – E para fechar quem dos meninos está solteiro?
Gab e o Igor.


Redes Sociais: Twitter / MySpace / Site Oficial

9 de jun de 2015

CONUNE 2015


O Conune é o maior encontro político do movimento estudantil da América Latina. Durante cinco dias, estudantes de todo o Brasil participam de atividades, grupos de trabalhos, fóruns e debates sobre os mais variados temas da atualidade. 

3 de dez de 2014

Cruzeiro, pedacinho querido do meu Brasil!


Entrevista com Moacir Antônio da Silva e Herminia Maria dos Santos, moradores e feirantes na cidade de Cruzeiro, Vale do Paraíba, interior de São Paulo.

27 de out de 2014

Programa de Entrevista: Retratos do Mundo


Programa de Entrevista realizado por grupo do 6º Semestre de Jornalismo - FIAM/FAAM












editor chefe
Letícia Escobar

chefe de produção
Vanessa Tavares

roteiro
Konstan Katavatis

coordenadora de equipe
Sabrina Bezerra

figurino
Alessandra Lima

repórteres

Bruna Albuquerque
Rodrigo Silva
Thays Freire

apresentador
Nickolas Ranullo

animação gráfica - abertura
Mídia Digital By JM Tecnologia em Eventos

convidado
Rafael Vilela - Mídia NINJA




13 de abr de 2014

Lollapalooza 2014

Mais fotos > Flickr




17 de fev de 2014

Criação do Blog e Página Facebook - UJS Capital



3 de jul de 2013

Vídeos das Manifestações em São Paulo

Durante o mês de Junho tivemos manifestações por todo o Brasil. Abaixo segue os vídeos dos Atos que participei e fiz cobertura.



13/06/2013 - Quarto Grande Ato Contra o Aumento das Passagens 

1 de jul de 2013

Fotos das Manifestações em São Paulo

Durante o mês de Junho tivemos manifestações por todo o Brasil. Abaixo segue as fotos dos Atos que participei e fiz cobertura.


 4º Grande Ato Contra o Aumento das Passagens - 13/06/2013


10 de mai de 2013

Projeto Jornal Gazeta de São Matheus

Trabalho desenvolvido na aula de Jornalismo Comunitário.
Capa do Jornal


Expediente do jornal:
Editora chefe: Jennifer Mello
Editorial: Jean Sampaio
Opinião: Sueli Rodrigues (convidada)
Política: Jean Sampaio
Mulher: Luciana Sodré
Se Liga e Cultura: Letícia Escobar
Dia a Dia da Comunidade: Jennifer Mello, Jean Sampaio, Luciana Sodré e Letícia Escobar.
Diagramação: Mariana Gomes (freelancer)
Impressão: Off Paper

Nenhuma das matérias é fictícia ou copiada. Todas são de autoria e para uso delas deve ser pedido autorização e dar os devidos créditos.
Os anúncios são formados por empresas regionais, somente.